Fiz acordo do cartão posso voltar a usar? Veja!

O acordo do cartão de crédito é uma solução para os consumidores que buscam ajustar suas contas, para começar 2022 com tudo em dia. Mas, os consumidores ficam na dúvida, com a seguinte pergunta: fiz acordo do cartão posso voltar a usar?

Aproveite a oportunidade

▶️ Você merece mais desconto para começar bem 2022. Na Descomplica, são mais de 100 cursos em diversas áreas, com bolsas de até 70%
Garantir desconto!

Em alguns casos, existe a promessa de pagamento através do acordo, mas o pagamento não é feito! E os motivos para tal cenário varia bastante.

O número de brasileiros com inadimplência é realmente alarmante. Além disso, esse tipo de situação pode trazer inúmeras consequências para os consumidores, que são ainda mais graves que o endividamento.

A quebra do acordo tem consequências, e o consumidor precisa ficar atento! Caso esteja nessa situação, mas não sabe o que fazer, não há motivos para se preocupar! Continue a leitura e confira todas as informações necessárias.

Leia também: Como fazer cartão sem anuidade? Aprenda os passos aqui!

Como funciona o acordo do cartão?

O acordo do cartão de crédito é feito na instituição financeira ou diretamente no banco. Trata-se da determinação dos novos valores, assim como novos prazos e taxas para efetuar o pagamento de uma dívida que está atrasada.

O acordo determina quais são as regras gerais para o pagamento da dívida, a qual pode ser a vista ou parcelada. Além disso, dependendo da situação, existem alguns descontos sobre os descontos que foram impostos.

Aproveite a oportunidade

💳 O Banco BV oferece benefícios únicos em seu cartão de crédito sem anuidade, aceito em milhares de estabelecimentos pelo mundo: abra uma conta gratuita e solicite o seu!

No momento que os consumidores efetuam o pagamento da primeira ou do valor total deste acordo, o nome fica limpo em, aproximadamente, cinco dias úteis. Porém, é importante deixar claro, que isso é um acordo.

Ou seja, quando os consumidores atrasam o pagamento ou até mesmo quebram o que foi acordado, as consequência costumam ser maiores. E, na maioria das situações, isso pode gerar mais problemas do que o endividamento.

Por esse motivo, a quebra de contrato não é recomendada. Porém, essa é uma prática muito comum de acontecer, mesmo que a maioria das pessoas pense o contrário.

Caso esteja nessa situação, é importante resolvê-la o mais rápido possível.

O que acontece se eu fizer o acordo com o banco mas não conseguir efetuar o pagamento?

A maioria das pessoas que se encontra na situação de acordo do cartão, costumam ter a seguinte dúvida: o que acontece se eu fizer um acordo e não conseguir pagar? A resposta é a seguinte: as consequências podem ser graves.

Isso porque, quando os consumidores encontram-se neste tipo de situação, além de ter o nome inscrito no cadastro de inadimplência, ele também pode sofrer as seguintes consequências.

  • As instituições financeiras e bancos costumam fazer cobranças constantemente;
  • Os consumidores podem perder os seus bens para que o valor da dívida seja quitado;
  • O dinheiro que você tiver em sua conta pode ser penhorado;
  • É possível perder as negociações com o abatimento de juros e multas, enfrentando maiores dificuldades para obter novas renegociações.

A negativação do nome do consumidor na lista de inadimplência nacional é uma das consequências da quebra contratual.

Esse tipo de cadastro é vigente por cinco anos, o qual passa a contar a partir do momento que seu nome da entrada no local.

E, quando a dívida foi renegociada e não paga novamente, o nome do consumidor fica cadastrado por mais cinco anos.

Vale ressaltar que as pessoas não podem ser presas por não pagar uma dívida, mas existem outras consequências por tomar essa atitude.

Fiz acordo do cartão e posso voltar a usar? Sim, você pode! Mas o banco precisa compensar o pagamento e ter limite disponível para que o uso seja normal. Veja mais a seguir.

Leia mais: Anuidade Diferenciada: veja o que é e se vale a pena!

O acordo é quebrado com quantos dias de atraso?

A resposta para essa pergunta varia por diversas razões. Afinal, todas as instituições financeiras e bancos possuem suas próprias regras referentes a isso, assim como diferentes prazos e entradas para determinar um acordo do cartão.

Por esse motivo, é importante que os consumidores siga com o planejamento inicial. Dessa forma, é possível evitar as consequências da quebra contratual, mantendo a sua saúde financeira.

Continua após a publicidade

Lembre-se: quando você não efetua o pagamento dentro do prazo estabelecido no contrato, está sujeito ao cancelamento. E, tudo que foi debitado anteriormente, volta para o valor original de sua dívida, não do valor acordado.

Quando essa situação em específico acontece, não há como voltar atrás com o contrato estabelecido anteriormente. O acordo do cartão de crédito é quebrado.

Fiz acordo do cartão, posso voltar a usar?

Depende da proposta feita pela instituição financeira, na maioria das vezes, o limite de crédito fica comprometido.

No entanto, conforme o pagamento das parcelas mensais, é possível utilizar o cartão normalmente, até o pagamento total do acordo.

Quais são as consequências de quebrar o acordo do cartão?

Na quebra do acordo vigente, o consumidor sofre consequências. Veja quais são os principais problemas gerados por essa ação.

  • O seu nome volta a ficar negativado no mercado;
  • O Cadastro Positivo sofre com a queda contratual;
  • Os consumidores perdem acesso aos descontos e condições de pagamentos ideais;
  • Os consumidores retornam para o acordo realizado inicialmente;
  • O telefone dos consumidores não param de tocar com cobranças frequentes.

Todavia, essas são as principais consequências de quebrar um acordo com uma instituição financeira ou banco. Portanto, antes de estabelecer um acordo que não se consegue cumprir, lembre-se de tudo isso.

Dessa forma, além de preservar as suas finanças, é possível encontrar outros caminhos para evitar a inadimplência. Essa é a melhor maneira de preservar a sua saúde financeira sem qualquer consequência futuramente.

Leia também: Como ver o limite do cartão BMG? Saiba o passo a passo

Veja mais dicas sobre cartões de crédito, continue acompanhando o nosso blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior

Cartão de crédito personalizado: saiba como deixar do seu jeito

Próximo

Pagar IPVA com cartão de crédito é possível? Saiba como

Posts Relacionados