Simulador de investimento

Simulador de investimento: Descubra qual aplicação vale a pena!

Reservar parte da sua renda pensando no futuro ou mesmo para resolver possíveis emergências, é as melhores atitudes. Todos já devem ter contado isso para você: é essencial equilibrar os rendimentos e gastos.

Para isso, até temos um passo a passo criativo de organização financeira.

Já pensou que deixar a poupança para arriscar novas possibilidades pode ser uma opção, né? No entanto, o que vamos ensinar aqui é como realizar essa escolha utilizando um simulador de investimento.  

Um passo a passo simples e atualizado com as principais opções de simulador de investimento que estão disponíveis no mercado. Existem simuladores da Bolsa de Valores, Banco Central e outros.

Vamos explicar tudo o que é preciso para começar a investir agora e com pouco risco. Afinal, é preciso conhecer o próprio perfil antes de aplicar.  

Leia esse conteúdo até o final para descobrir qual o simulador de investimento ideal para você.  

Conheça o simulador de investimento 

Entenda que o simulador de investimento será um apoio para você começar o trabalho de poupar dinheiro e equilibrar a vida financeira. Ele não será a única solução. Você precisa estar disposto a trilhar o caminho.  

O simulador de investimento funciona de forma online e está disponível em várias plataformas. De forma geral, você precisa encontrar um simulador investimento de confiança, preencher todos os dados solicitados e esperar por uma análise.  

É importante destacar que você não deve considerar apenas o resultado do simulador investimento para realizar uma aplicação. Afinal, essa ferramenta nem sempre leva em consideração o contexto geral. Ela serve mais como um comparativo entre o seu perfil e as possibilidades existentes no mercado.  

Se você está pensando em começar a investir, precisa estudar sobre o assunto. Entre os pontos mais importantes, você deve considerar o seguinte passo a passo: 

  • Pague suas dívidas; 
  • Faça um planejamento financeiro;
  • Tenha objetivos; 
  • Decida o valor que vai ser investido; 
  • Descubra o seu perfil de investidor; 
  • Conheça os tipos de investimento.

Para ficar um pouco mais claro, siga esse conteúdo até o final. Vamos explicar tudo o que é preciso saber sobre o simulador de investimento.  

Qual simulador escolher?  

Vamos começar a responder essa pergunta com algumas opções, veja: 

Essas três indicações são de parceiros independentes e que podem apoiar você nessa missão de começar a investir.  

Entre em cada uma delas, utilize com cautela e aproveite. Mas antes de decidir, veja o que é preciso considerar.  

Faça uma análise do seu perfil de investidor 

Não tome nenhuma decisão baseada exclusivamente no resultado do seu simulador investimento. Conheça primeiro o seu perfil. Entenda o que deixa você mais confortável. Preste atenção nessa classificação: 

Conservador 

O perfil conservador gosta de retorno garantido, ainda que seja menor. Para esse perfil, segurança é o que importa.

Possíveis aplicações: 

  • Títulos bancários: CDB, RDB, LCI, LCA; 
  • Tesouro Direto; 
  • Títulos bancários: CDB, RDB, LCI, LCA; 
  • Fundos de renda fixa; 
  • Ações de empresas consolidadas no mercado; 
  • Previdência privada. 

Moderado 

Pessoa que aceita correr algum risco em troca de uma rentabilidade um pouco maior. No entanto, ainda faz considerações financeiras. 

Possíveis aplicações: 

  • Previdência privada; 
  • Renda fixa tradicional;
  • Títulos privados de renda fixa emitidos por empresas: CRI, CRA, debêntures; 
  • Fundos multimercado com alguma parcela em ações; 
  • Investimento no exterior.  

Arrojado 

Pessoa que entende bem os riscos das aplicações financeiras. No entanto, tem como foco principal o ganho e corre risco para isso.  

Possíveis aplicações:  

  • Fundos de ações e alguns multimercado; 
  • Ações; 
  • Derivativos (opções de ações, contratos futuros, investimento em moedas); 
  • Fundos imobiliários; 
  • Debêntures; 
  • Investimento no exterior. 

Gostou das dicas? Acesse uma ferramenta para ajudar você a definir o seu perfil de investidor.  

6 vantagens de um simulador de investimento 

Agora que você já entendeu melhor as necessidades do simulador de investimento e o que considerar antes de qualquer decisão, conheça as principais vantagens dessa ferramenta:  

  1. Ajuda a escolher qual será o prazo de aplicação;
  2. Facilita para saber qual valor você deve investir; 
  3. Oferece uma previsão de rendimentos; 
  4. Calcula o líquido da rentabilidade; 
  5. Define quais serão os descontos de taxas e do Imposto de Renda; 
  6. Oferece dicas das aplicações mais adequadas ao seu perfil.  

6 desvantagens do simulador de investimento 

No mundo financeiro sempre existe as duas possibilidades. Por isso, você sempre deve considerar também as desvantagens de utilizar um simulador investimento. Antes de tomar qualquer decisão, considere também: 

  1. Defina corretamente qual será o aporte inicial; 
  2. Não se esqueça da falta de planejamento financeiro;
  3. Cuidado ao indicar e calcular a rentabilidade e as taxas das aplicações; 
  4. Preste atenção na liquidez. O simulador investimento nem sempre considera esse viés;  
  5. Cuidado com a estimativa de rendimento. É uma previsão do simulador investimento e pode não se concretizar;  
  6. O simulador investimento não considera o seu perfil de investidor. Lembre-se disso antes de tomar qualquer decisão.  

Gostou das dicas sobre o simulador de investimento? Temos muitas outras informações para apoiar a sua vida financeira. Acesse o nosso conteúdo exclusivo e gratuito:  meucartaodecredito.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
qual score é bom para financiamento

Qual score é bom para financiamento? Entenda já!

Próximo
Qual é o melhor banco para abrir conta jurídica?

Qual é o melhor banco para abrir conta jurídica?

Posts Relacionados