IOF de Cartão de Crédito

Quanto é o IOF para compras no cartão de crédito?

A relação entre o povo brasileiro e os seus tributos não pode ser chamada de saudável. A maioria das pessoas não sabe exatamente como esse tipo de cobrança funciona. Impostos, taxas e tarifas estão presentes na vida das pessoas de tantas formas que muita gente desistiu de entender. Se você tem interesse de conhecer um dos mais importantes, fique atento. Hoje vamos falar sobre o IOF e também sobre cartão de crédito.

Continua após a publicidade

Quando se fala sobre impostos, a sigla IOF costumar ser uma das mais lembradas. Mas será que você sabe o que é o IOF? Se você quer conhecer melhor o IOF, continue lendo esse artigo. Vamos explicar, entre outras coisas, o seu significado, situações em que é cobrado e seus valores.

Leia também: Cartão de crédito com aprovação imediata online: conheça 10 opções!

O que é o IOF?

Para explicar o que é o IOF, elaboramos uma série de perguntas e respostas. Acompanhe:

O que significa IOF?

A sigla IOF significa “imposto sobre operação financeira”.

Quem cobra o IOF?

O IOF é um imposto federal, ou seja, é o governo quem cobra.

Não é o banco quem cobra?

As instituições financeiras são responsáveis por fazerem a cobrança. Mas depois de cobrar, o repasse para o governo é obrigatório.

Quanto fica com o banco?

Absolutamente nada. O repasse para o governo é integral.

É possível negociar o IOF?

Não. Como os bancos não ficam com nenhuma parte, eles não têm margem para negociar.

Quem paga IOF?

Aproveite a oportunidade

💳 O BTG+ oferece benefícios e experiências únicas para quem quer um cartão cartão de crédito sem anuidade e que entende suas necessidades.

Solicite seu cartão!

Praticamente todo mundo está sujeito a cobrança de IOF. Não apenas as pessoas físicas, mas também as pessoas jurídicas (empresas).

Quanto custa o IOF?

O valor cobrado pelo imposto é sempre em forma de porcentagem. A alíquota depende do tipo de operação financeira. Explicaremos mais sobre isso ao longo do artigo.

Em quais ocasiões o IOF é cobrado?

O IOF é cobrado quando são realizadas operações relativas a crédito, títulos, câmbio ou valores mobiliários. Alguns exemplos são:

Continua após a publicidade

💳 Você foi selecionado para ter um cartão de crédito que não cobra anuidade, com limite de até 7 mil reais e que aprova na hora: abra uma conta gratuita no Banco Pan!

  • Empréstimos;
  • Transações em moedas estrangeiras;
  • Aplicações;
  • Financiamento de imóveis comerciais;
  • Cheque especial;
  • Seguros;
  • Investimentos na Bolsa de Valores;
  • Compras internacionais no cartão de crédito;
  • Usar o crédito rotativo do cartão de crédito.

Atenção: Em razão da pandemia do novo coronavírus, o governo suspendeu a cobrança de IOF de algumas operações. No momento em que este artigo foi escrito, haviam três operações isentas: cheque especial, empréstimo e crédito rotativo do cartão.

IOF no cartão de crédito

Como você deve ter percebido pela lista anterior, o IOF não é cobrado no uso “normal” do cartão de crédito. Ou seja, não existe cobrança de IOF nas compras com o cartão de crédito feitas no Brasil.

Se você perceber cobrança de IOF na sua fatura do cartão, confira. Provavelmente foi em algo classificado como “operação financeira”.

A seguir uma lista do que pode gerar cobrança de IOF no cartão de crédito.

  • Atrasar o pagamento da fatura;
  • Não pagar a fatura inteira;
  • Exceder o limite do cartão;
  • Fazer saques com o cartão de crédito;
  • Fazer empréstimos pelo cartão de crédito;
  • Financiar a fatura;
  • Compras no exterior (não só em viagens, mas pela internet também).

Cobranças combinadas

Tenha cuidado porque o IOF não é a única cobrança nesses serviços. Quando você atrasa o pagamento da fatura do cartão, por exemplo, além do IOF você também vai pagar juros. O mesmo acontece com quem faz saques ou empréstimos no cartão.

Não foi por acaso que a expressão “tempo é dinheiro” se tornou tão popular. Se analisarmos bem, a cobrança de juros está sempre associada ao uso do dinheiro ao longo do tempo. Quanto mais tempo você leva para pagar, maiores são os juros. A mesma lógica se aplica ao empréstimo, ao atraso na fatura e ao saque. Apesar de diferentes, todas são ocasiões em que você usa um valor e precisa pagar por ele posteriormente.

Alíquotas

Continua após a publicidade

A alíquota é o percentual com que um tributo incide sobre o valor que vai ser tributado. Em outras palavras, e no contexto deste artigo, é a porcentagem de IOF cobrada.

Veja, a seguir, exemplos de valores do IOF no cartão de crédito e em diferentes ocasiões.

Crédito de uso cotidiano

A alíquota é a mesma para o cheque especial, empréstimo consignado e para crédito rotativo do cartão de crédito.

A cobrança é de 0,38% e tem um adicional de + 0,0082% ao dia com limite de 3%. Ou seja, o valor máximo é de 3,38%.

Importante: Esse valor se aplica, por exemplo, quando você atrasa a fatura do seu cartão de crédito. Quando você não paga o valor integral, esse também é o valor que se aplica sobre o quanto faltou pagar.

Mas não esqueça que, conforme falamos anteriormente, essas três operações receberam isenção temporária de IOF por causa da pandemia do novo coronavírus.

Seguros

O IOF sobre seguros de vida é de 0,38%.

Apesar de o limite da categoria ser 25%, muitas outras modalidades de seguro costumam ter alíquota de 7,38%.

Cartão de crédito internacional

Para fazer compras ou contratar serviços internacionais no cartão de crédito, o IOF é de 6,38%.

Outras funções internacionais

Continua depois da publicidade

Confira a lista de alíquotas para operações com moedas estrangeiras.

  • 0,38% – Envio de recurso do exterior para o Brasil;
  • 0,38% – Envio de recurso do Brasil para o exterior (titularidades diferentes);
  • 1,10% – Envio de recurso do Brasil para o exterior (mesma titularidade);
  • 1,10% – Compra de moeda estrangeira.

Dica para economizar com IOF

Conhecendo as alíquotas, é possível economizar no gasto do IOF.

Exemplo: Imagine que você vai viajar para visitar um parente nos Estados Unidos. Lá, você pretende comprar um celular que, convertendo o valor, custa R$ 5 mil.

Se você pagar com o cartão de crédito internacional, a alíquota será de de 6,38%. Seu gasto adicional seria de R$ 319,00.

Caso você compre dólares para levar, a alíquota será de 1,10%. Ou seja, seu gasto adicional cairia para R$ 55,00.

Mas o melhor cenário seria no caso de você transferir o dinheiro para a conta do seu parente. Nesse caso, pagaria a alíquota de 0,38%. Ou seja, seu gasto adicional seria de apenas R$ 19,00.

Leia também: Como calcular juros de compra parcelada no cartão?

Esperamos que você tenha gostado de saber mais detalhes sobre o IOF. Se você conhece alguém que poderia gostar dessas informações, compartilhe este artigo!

E para mais dicas e informações sobre o finanças, continue acompanhando o Meu Cartão de Crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Pagar conta com cartão de crédito

Como pagar conta com cartão de crédito? Descubra aqui!

Próximo
Como aumentar o limite do cartão Santander

Como aumentar o limite do cartão Santander? 6 dicas práticas

Posts Relacionados