Banco Central reclamação

Passo a passo para fazer reclamação no Banco Central

A relação entre empresas e clientes pode ser cheia de surpresas e imprevistos. Algumas vezes, com sorte, até podemos ser surpreendidos positivamente. Mas de maneira geral, quando acontece um imprevisto, costuma ser para o lado negativo.

Quando isso acontece, pode ser necessário acionar algum órgão de regulação, fiscalização ou que defenda os consumidores. Isso pode ser feito até mesmo para resolver questões com empresas importantes, como são os bancos. Nesse caso, a melhor ideia é procurar o Banco Central para fazer uma reclamação.

São vários os tipos de problema que podem acontecer entre instituições financeiras e seus clientes. Como essa relação sempre envolve dinheiro, o cenário costuma ser delicado. Se você está passando por esse tipo de situação, continue lendo este artigo. Vamos explicar como você pode formalizar sua reclamação no Banco Central.

Leia também: Conta corrente: como funciona? Qual banco escolher?

O Banco Central

O Banco Central do Brasil também é conhecido como BC, BACEN ou BCB. Ele é uma autarquia federal que faz parte do Sistema Financeiro Nacional. O BACEN, que atualmente não tem vínculo com nenhum ministério, é uma das principais autoridades monetárias do país.

Entre as atribuições do Banco Central, estão:

  • Regular a quantidade de moeda na economia;
  • Gerir a política monetária e cambial;
  • Controlar a inflação;
  • Prezar pela estabilidade financeira do país;
  • Regular e controlar as instituições financeiras que atuam no Brasil.

É sobre o último tópico que vamos falar a seguir.

Qual tipo de reclamação fazer no Banco Central

Uma das principais dúvidas desse assunto é a respeito dos tipos de reclamação. Afinal, como saber o que o BACEN vai considerar procedente?

Confira uma lista com uma dúzia de exemplos de motivos para reclamação:

  • Débitos não autorizados;
  • Cobranças por serviços não contratados;
  • Problemas com internet banking;
  • Ofertas indevidas (venda casada de serviços, por exemplo);
  • Erros em pagamentos e cobranças;
  • Problemas no uso do caixa eletrônico;
  • Serviços inadequados em conta-salário;
  • Conceder crédito consignado sem formalizar adequadamente;
  • Cobranças irregulares referentes ao cartão de crédito;
  • Não atender solicitação de cancelamento de serviço;
  • Problemas com encerramento de contas;
  • Insatisfação com a resolução de algum dos problemas anteriores.

Requisitos para fazer uma reclamação no Banco Central

Antes de fazer sua reclamação para o Banco Central, é preciso ter passado por duas etapas com o seu banco.

Essas duas etapas costumam resolver boa parte dos problemas dos clientes. Elas são importantes para não sobrecarregar o BC com casos mais simples.

Fale com o SAC

Primeiro, é preciso entrar em contato com o SAC (Serviço de Atendimento do Consumidor) do banco onde aconteceu o problema.

O SAC é responsável por resolver problemas e dúvidas da relação entre clientes e empresas. O prazo para o SAC resolver ou responder o seu contato é de 5 dias úteis. A maior parte dos problemas simples costuma ser resolvida nessa etapa.

Importante: Sempre anote o número do protocolo do atendimento! Anote também o dia e a hora em que você fez a reclamação, essas informações podem ser úteis mais tarde.

Ouvidoria

A segunda etapa ainda é com o próprio banco, mas com a Ouvidoria. A Ouvidoria é considerada a última possibilidade de atendimento com uma empresa. Ela serve para resolver conflitos entre os interesses dos clientes e os da empresa em questão.

Ouvidorias de instituições financeiras são supervisionadas pelo BC. Talvez por isso, boa parte dos problemas que o SAC não resolve acabam sendo solucionados nesta etapa. O prazo que a Ouvidoria tem para responder é de 15 dias.

Como fazer uma reclamação no Banco Central

Se nem o SAC e nem a Ouvidoria resolveram o seu problema, você chegou na terceira e última etapa. Saiba agora como fazer uma reclamação no Banco Central.

Por telefone

O número para entrar em contato com o BC é o 145.

A ligação tem o custo de uma chamada local. Ela deve ser feita entre segunda e sexta, das 8h às 20h.

Presencialmente

Em algumas cidades o Banco Central tem sedes para representação regional. Se você morar em uma das cidades listadas, pode procurar atendimento presencial.

Confira a lista: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Por carta

Por incrível que pareça, o BC também aceita reclamações por carta. É uma maneira de se manter mais acessível.

O endereço é: Setor Bancário Sul (SBS), Quadra 3, Bloco B, 3º andar. Edifício Sede do Banco Central. CEP: 70074-900. Brasília – DF.

Pela internet

A reclamação pela internet é a mais popular. Ela pode ser feita clicando aqui!

Fluxo da reclamação

Depois que você entra em contato com o Banco Central, ele encaminha a sua reclamação à instituição financeira. Depois disso, a instituição financeira é obrigada a enviar uma resposta para você. Essa resposta deve acontecer em no máximo 10 dias e ter uma cópia enviada para o BC.

Para ver o fluxo da reclamação no site oficial do Banco Central, clique aqui. Através desse link também é possível encontrar dois botões úteis: “Registrar reclamação” e “Acompanhar sua reclamação”.

Leia também: Quais são os documentos para abrir conta? Veja aqui.

Esperamos que essas informações ajudem você a resolver seus problemas com o banco. Se você conhece alguém que pode precisar de ajuda com esse tipo de assunto, compartilhe este artigo!

E para mais dicas e informações sobre bancos e o mercado financeiro, continue acompanhando o Meu Cartão de Crédito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Como aumentar o score

Como aumentar o score: Veja 7 dicas rápidas para ter acesso a crédito

Próximo

Tem como pagar boleto com cartão de crédito? Veja a resposta!

Posts Relacionados