como funciona o reembolso no cartão de crédito

Como funciona o reembolso no cartão de crédito: entenda aqui!

Quase todo mundo que usa cartão de crédito, por algum motivo, já esteve em uma situação onde queria pedir um reembolso. Seja em caso de arrependimento, produtos com defeito, propagandas enganosas ou mesmo fraude, são várias as causas possíveis. Dessa forma, saber como funciona o reembolso do cartão de crédito é essencial!

A boa notícia é que isso pode ser um direito seu. Assim, nos casos previstos pelas leis, as empresas têm obrigação de repor o dinheiro. Nesse processo, você terá de dialogar com a operadora do cartão e a loja na qual fez a compra. Só em último caso será necessário uma ação judicial.

Se você precisa do seu dinheiro de volta, ou só está aprendendo como usar o cartão, este artigo vai ajudar! Vamos expor as informações essenciais para entender o reembolso do cartão de crédito, quando e como se pode pedir.

Leia mais: Cartão de crédito com aprovação imediata online: Veja as melhores opções

Como funciona o reembolso no cartão de crédito: o estorno

Continua após a publicidade

💳 Você foi selecionado para ter um cartão de crédito que não cobra anuidade, com limite de até 7 mil reais e com aprovação na hora.

Solicite seu cartão!

Aproveite a oportunidade

💳 O BTG+ oferece benefícios e experiências únicas para quem quer um cartão cartão de crédito sem anuidade e que entende suas necessidades.

Solicite seu cartão!

Para receber o dinheiro de volta, você precisa fazer o estorno da compra que quer retornar. O pedido de estorno precisa ser comunicado à empresa em que a compra foi feita. Dessa forma, para saber como funciona o reembolso no cartão de crédito é preciso entender o estorno – e em que casos você tem direito de fazê-lo.

O estorno pode ser pedido quando há algum erro na fatura e quando o produto é entregue na quantidade errada. Além disso, você tem direito de pedir estorno por arrependimento em compras online. Outra possibilidade é um golpe, uma compra que você não reconheça. Por fim, cobranças indevidas, de valores que não estavam presentes na hora da compra, também podem levar ao estorno.

Nas compras offline, como qualquer atividade presencial, as coisas tendem a ser mais diretas. Assim, o lojista precisa estornar a fatura errada e fazer uma com o valor correto – mas esse estorno precisa ser pedido no momento da compra. No entanto, você não tem direito à desistência em compras presenciais. Nos casos em que o lojista não fizer o estorno, você pode fazê-lo diretamente com a operadora do cartão.

Nas compras online, as dificuldades são outras. Quem nunca comprou algo e recebeu outra coisa completamente diferente? Essa experiência é bastante comum. Justamente por isso, você pode pedir estorno por arrependimento no mesmo dia da compra. No caso de a fatura vir errada, o jeito é pedir uma fatura nova com a loja. Se o lojista se recusar a fazer o estorno, novamente a operadora do cartão deve fazê-lo.

Compras não reconhecidas

Caso você receba na fatura compras que não reconhece, existe a possibilidade de ser um golpe ou fraude. No entanto, não é motivo para pânico. Em primeiro lugar, é preciso conferir se realmente a compra não foi feita por você. Afinal, muitos estabelecimentos podem aparecer com o nome de pessoa jurídica, não com o nome-fantasia que geralmente usam. Ter anotados os gastos com o cartão pode ajudar, na medida em que você pode conferir os valores e datas.

Se realmente o cartão foi clonado ou fraudado de qualquer forma, é necessário procurar a administradora o mais rápido possível para consertar a situação. É importante lembrar que você pode fazer a contestação até 90 dias úteis após a cobrança.

Um detalhe importante

Ao pedir um estorno, é recomendável que você também peça um comprovante de que ele foi, de fato, realizado. Afinal, caso a compra ainda apareça na conta seguinte, ou o reembolso simplesmente não aconteça, é preciso uma prova. São poucos os casos em que você precisará levar a loja a um Foro Especial de Defesa dos Direitos do Consumidor. Porém, caso precise, é importante estar preparado.

Outro detalhe é saber se existe algum protocolo na empresa para fazer estornos. Isso porque não queremos ter de enfrentar mais problemas por desconhecimento de um ou outro funcionário sobre as burocracias de seu empregador. Dessa forma, se evitam possíveis dores de cabeça no futuro.

Saiba mais: Consumidor Positivo: Veja o que é e como utilizar o Portal Consumidor Positivo

Como funciona o reembolso no cartão de crédito: recebendo o dinheiro

Agora que você fez o estorno, é hora de ter seu dinheiro de volta. Você vai recebê-lo na forma de crédito, ou de dinheiro vivo, dependendo do caso. Vamos analisar as possibilidades abaixo.

O cancelamento da compra gera um estorno automático, assim, seu dinheiro deve voltar na hora, sem mais consequências. O valor não pode sequer constar na fatura. Em qualquer outra situação, o dinheiro pode demorar um ou dois meses para chegar.

Uma questão importante é como saber, nesse período, se o estorno foi feito. Para isso, você pode falar com a administradora do cartão de crédito, garantindo o desconto nas próximas faturas. Caso o boleto ainda assim venha com uma cobrança indevida, fale o mais rápido o possível com a empresa, que terá cinco dias úteis para resolver a questão.

Se você usa bastante o cartão de crédito, é importante ter as melhores informações sobre o assunto. Afinal, isso é a chave para conseguir comprar mais, sem se endividar, fazendo escolhas conscientes com o próprio futuro.

Aqui no Meu Cartão de Crédito você encontra exatamente este tipo de informação! Todas as semanas fazemos aqui posts sobre os melhores serviços no ramo, além de esclarecer dúvidas sobre como utilizar e os direitos do consumidor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
como funciona o limite do cartão de crédito

Como funciona o limite do cartão de crédito: entenda aqui!

Próximo
conta digital para menor de 18 anos

Conta digital para menor de 18 anos: veja as melhores opções

Posts Relacionados