Investimentos inteligentes

Como fazer investimentos inteligentes em 2021?

O mercado financeiro está em constante mudança. Acompanhar essa evolução e as projeções para realizar investimentos inteligentes é fundamental.

Aqui, vamos explicar para você as análises dos especialistas, algumas opções de investimentos e uma orientação para você conhecer o próprio perfil e organizar as finanças.  

Entenda, de uma vez por todas, que para realizar investimentos inteligentes a primeira missão é não agir por impulso. A sua emoção, medo de perder ou ganhar muito dinheiro precisam estar de fora. Você precisa entender como o mercado está mudando. Não sabe como? Fica com a gente que é fácil.  

Leia também: Simulador de investimento: qual aplicação vale a pena? 

Investimentos inteligentes com foco no mercado 

Antes de pensar em aplicar qualquer recurso, você deve observar o mundo financeiro. Ele tem vida, oscilações e acompanha algumas tendências.  

Para os investimentos inteligentes é preciso considerar primeiro o passado.

Em 2020 os R$ 600,00 que foram liberados em parcelas para os brasileiros fizeram a diferença na economia. Ela não parou de girar. O mercado permaneceu aquecido, até certo ponto. De forma geral, não houve um grande estrago no PIB em 2020.  

No entanto, se você quer fazer investimentos inteligentes, saiba que o Boletim Focus, que ouve dezenas de economistas toda semana, trouxe uma redução da projeção para a atividade econômica em 2021. Isso significa que ela saiu de 3,50% de alta para 3,46%. 

De forma geral, o mercado deve se restabelecer em 2021. Como o impacto monetário funcionando, taxa de juros ainda baixa e um incentivo na economia de retomada, o saldo deve ser positivo. Além disso, existe o ânimo do consumidor e do empresariado, que deve ser levado em conta nessa escalada de alta. 

Pontos de atenção 

Vale destacar a inflação mais acelerada. O Boletim Focus projeta Selic em torno de 3% ao ano no fim de 2021, mas vem aumentando a expectativa de inflação. 

Sendo assim, para quem busca os investimentos inteligentes, colocar parte dos recursos nos produtos financeiros que paguem “juro real”, ou seja, rendem IPCA mais uma taxa fixa, é uma boa opção.   Afinal, pelo menos o seu poder de compra estará garantido.  

Os investimentos inteligentes e o perfil pessoal  

Para escolher a melhor aplicação, você deve conhecer o seu perfil. Os investimentos inteligentes precisam estar alinhados com você. Existem três possibilidades: 

  • Conservador: pessoa que não aceita risco e prefere poucos ganhos e mais segurança. 
  • Moderado: pessoa que aceita pouco risco em troca de alguma rentabilidade, mas prefere não arriscar grandes quantias. 
  • Agressivo: pessoa que visa o lucro e rentabilidade maior em troca de risco. 

Para descobrir qual é o seu perfil de investidor, você pode realizar um teste gratuitamente. 

Leia também: Como começar a investir em 10 etapas: saiba as principais dicas 

Diversifique sua carteira de investimentos 

Na lista dos investimentos inteligentes, você precisa considerar a diversificação. Ela é fundamental para minimizar risco, auferir ganhos e evitar grandes oscilações no mercado.

Aliás, vamos comentar sobre os riscos mais adiante. Antes, confira algumas opções de investimentos inteligentes para 2021. Você pode ir muito além da poupança:  

Tesouro Direto 

Ele tem baixo investimento inicial, segurança na rentabilidade e liquidez diária. É mais conservador e tem seu rendimento baseado na variação da taxa Selic.  

ETFs de renda fixa 

Eles mesclam vários tipos de títulos. É uma alternativa para aumentar a diversificação, diminuir o risco da carteira e garantir rentabilidade real. 

Tesouro IPCA+ 

Eles possuem alguma segurança no longo prazo e com risco menor. 

Certificado de Depósito Bancário (CDB) 

Em geral, eles são pós-fixados e vinculados à taxa CDI. O CDB também oferece liquidez diária, permitindo que você resgate o valor quando quiser. 

Fundos DI 

É uma opção para quem quer retorno financeiro, mas preste atenção nas taxas de administração e custódia. Ele possui liquidez diária. 

Ações e Fundos Multimercado 

Não têm garantia e são investimentos de maior risco, no entanto, também oferecem mais rendimentos.  

LCI e LCA 

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) são títulos de renda fixa e isentos de imposto de renda. 

Avalie os riscos

Os investimentos inteligentes levam em consideração os riscos. Agora que você já sabe um panorama do mercado para 2021 e algumas opções, preste mais atenção.  

Afinal, em um período em que a atividade doméstica se recupera, outro choque inflacionário pode acarretar em um desvio do preço de mercado no IPCA. Dessa forma, o Banco Central retira o estímulo monetário e pode complicar a situação.  

Veja os riscos existentes nos investimentos, avalie as informações antes de aplicar os recursos e preste sempre atenção na variação do mercado.  

Risco de mercado 

São os movimentos de preços, taxas de juros e do câmbio. 

Risco de liquidez 

Dificuldade de vender um ativo de sua carteira de investimento pelo preço sugerido. 

Risco de crédito 

Calote por parte da instituição envolvida no seu investimento por não pagar a parte dela. 

Munido com essas dicas, fica mais fácil entender e saber como realizar um investimento inteligente. E não se esqueça: aqui, no Meu Cartão de Crédito, você encontra as melhoras dicas e soluções para suas finanças.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Anterior
Documentos para abrir conta

Quais são os documentos para abrir conta? Veja aqui

Próximo
Mercado Pago ou PagSeguro

Mercado Pago ou PagSeguro: qual a melhor plataforma de pagamento?

Posts Relacionados